carta de outono (atrasada)

sabe, às vezes temos que inventar pequenos destinos para a nossa vida, pequenas coisas que deixam um dia mais colorido talvez. o jogo brasil x argentina nos faz pensar em chocolate-quente. o jogo é uma merda, mas o chocolate... era um pequeno destino. acordamos e pensamos no chocolate e no jogo. o dia foi interessante, nada de mais, mas fizemos o que era necessário ser feito, o pequeno destino nos ajuda a viver a vida.

vidas mentais, às vezes cansa, mas nem sempre sabe-se fazer diversamente, às vezes vivo só para receber uma carta que nunca chega, às vezes só para ir na aula e não estudar, escrever um pequeno bilhete para uma amiga de sorriso triste.

às vezes ir à universidade também é um pequeno destino, mas talvez o pequeno destino é novamente o chocolate-quente, aquele do bar da universidade, aquele que ainda não consegui fazer tão bom, aquele que nos deixa em silêncio só para comê-lo ou bebê-lo ou sei lá como se diz, aquele que nos queima a língua. o chocolate-quente é novamente um pequeno destino, o chocolate ou o cigarro que fumas enquanto um amigo te presenteia com uma mini-caneta ou enquanto outro “chora as pitangas”.

as viagens são interessantes para pensar os pequenos destinos, também os grandes. uma viagem de seis horas pode deixar uma dor nas costas e mil pequenos destinos, como acabar a dissertação, dormir menos, mexer-se mais, ser menos tonga, e escolher junto com um amigo músicas para cantar, tocar e escutar. mesmo que quando se encontrem não toquem, nem cantem nem escutem, mesmo que tudo seja para um pressuposto show inexistente. o show não existe, mas os dias... terão tido muito mais música.

escrito em 18/06/2008

Comentários

Fabi disse…
Amei e me sinto assim. Lindo lindo!
mayra disse…
posso ser eu a amiga de sorriso triste que ganha um bilhete?
gostaria...
beijos saudade

Postagens mais visitadas