20 08 20 08

ao adolescente

a vida é tão bela que chega a dar medo.

não o medo que paralisa e gela,
estátua súbita,
mas

esse medo fascinante e fremente de curiosidade que faz
o jovem felino seguir para a frente farejando o vento
ao sair, a primeira vez, da gruta.

medo que ofusca: luz!

cumplicemente,
as folhas contam-te um segredo
velho como o mundo:

adolescente, olha! a vida é nova...
a vida é nova e anda nua
- vestida apenas com o teu desejo!


mário quintana


aos adolescentes doentes de desejo

Comentários

MayrA disse…
áhhh...
pra que querer passar da "fase de transição"?
jamer disse…
não crescer
adoecer
não se curar
desejar

Postagens mais visitadas