foice tempo

doido
afoito.
em mãos
a foice
com a qual arrancou
os oito dentes
corroídos.
foi-se o tempo
dos vivos idos;
os vivos (bem) vindos
dormem um sono
doído

Comentários

MayrA disse…
uma paz de angústia como Pessoa...

saudade

Postagens mais visitadas