tentei voltar mais devagar do banheiro para vê-los por mais tempo conversando, vê-los juntos. estavam os dois de vermelho. esse é um privilégio só dos que não tem nada para fazer e muito tempo a perder: ver os outros juntos e de vermelho, ver que estar de vermelho é bonito além da sensualidade, além de qualquer cor, ver que é bonito só ser. ou, mais simplesmente e menos ubriacamente ver as próprias cenas um pouco afastados, ver as próprias cenas de lado, como espectador. eles conversavam e riam e desenhavam. eu nunca soube desenhar, como nunca soube fazer nada, como nunca fui a pior em desenhar como nunca fui a pior em nada. talvez em educação física. de qualquer forma: una vita da mediano. e eles rindo e desenhando e o que eu sabia melhor fazer ali era decidir. risível! risível, pois decidir é o meu pior, pior que educação física! se pelo menos decidissem por mim onde quando e por que, eu conseguiria decidir que seria feliz nesse onde quando e por que, e seria. disso eu tenho certeza. da capacidade de ser feliz eu não duvido. mas naquela noite eu decidi tudo: o que comer, onde ir e o que tomar, cachorro-quente, polar de um litro, serra malte, lugar fedido e depois o cheirosinho que nos manda embora. “se não quer trabalhar chega e fala, não fica largando piadinha”, chega e fala como a gente: “eu não quero trabalhar!!!”, mesmo assim a gente gasta. gasta “uns pila” com o tal que fala em espanhol como se fosse português, como se fôssemos obrigados a compreendê-lo e apavorado que os bares em porto alegre fecham à 01:00, mais precisamente: 12:55, "que es esto, una província?", si, si... una província, e a mulher pedindo se queríamos copos de plástico, si si, una província. não queríamos copos de plástico, só queríamos não ter que tomar a cerveja rápido, porque dá dor de cabeça, não é? se não quer trabalhar não trabalha! como a gente, que só gasta “uns pila” com a dita cerveja e com os cheiros laranja, verde e amarelo.

Comentários

atilio alencar disse…
isso sobre beber cerveja rápido, faz todo o sentido pra mim neste momento...

Postagens mais visitadas