esse choro prévio engolido em silêncio

essa busca insana em todas as esquinas

esse andar fingir que anda

esse andar fingir que é nada

.

(eu te dei várias palavras, mas e a boca?)

.

essa dor explodindo pra dentro

essa pele distante e o meu corpo batendo à porta.

esse desejo engolido com o choro.

esse desejo engolindo consolo.

.

(me deste as palavras e uma coleção de frases bonitas)

.

esses, do outro lado, teus olhos

esses, abertos, olhando pro teto.

essa barba esperando ficar cinza.

essa barba esperando, será minha ainda?

.

(me deste vários sonhos, e sal e açúcar.)

.

esses teus olhos no escuro,

essa minha mão na tua.

tua mão é fria e eu ausente.

tua mão, se ausente, eu sou fria.

.

(eu te dei da vida o gosto, mas e o rosto?)

.

esse andar fingir que é nada

esse desejo engolindo consolo

esses olhos abertos olhando pro teto

esses olhos no escuro...

.

.

.

esse choro prévio engolido em silêncio

mais o choro do presente sempre.

Comentários

Postagens mais visitadas