"Ela sofre em alguma parte. Sempre tem sofrido. É muito alegre, adora o amarelo, o seu pássaro favorito é o melro, a sua hora é a noite, a sua ponte é o Pont des Arts." (Uma barca cor de vinho, Maga, e por que razão não teríamos ido nessa barca, quando ainda era tempo?)"

O Jogo da amarelinha
Julio Cortázar

.
.
.
.
.
..

Comentários

Decadentíssimo disse…
Olha... (Que expressão feliz, porque, se não diz o olho, sinceramente, quem diz?) Ah, nem tô falando do texto, mas esse sotaque... tem som Saudade, bom mesmo!, não mais. Essa coisa criança, como se diz, Italiana, não é? "Má vá"! Bom mesmo. Cortázar, é assim que se fala, né? Sabe mesmo, como se diz, feliz. Vai longe!
Talita disse…
:)

é, e a musiquinha tem exatamente o mesmo tom do trecho: essa alegria que canta: "o melro perdeu o bico, como vai fazer pra bicar?"

Postagens mais visitadas